Veja todas as características que tornam o Piauí um estado magnificamente diferente de todos que já viu.

Uma nova fronteira de desenvolvimento. Assim pode ser definido o Piauí quando o assunto é investimento. Com o maior crescimento do PIB do Nordeste em 2008, o Piauí está atraindo investidores nacionais e internacionais. Além disso, outras variáveis como localização privilegiada, forte política de incentivos, mão de obra capacitada, disponibilidade de grandes áreas férteis e desenvolvimento de um amplo projeto de infraestrutura fazem do Piauí um Estado acolhedor com infinitas alternativas de novos investimentos.

O Estado do Piauí está estrategicamente posicionado perto de importantes mercados mundiais, através dos portos de Luis Correia (PI) e da proximidade dos portos de Pecém (Ce) e Suape (PE)). O Estado é o terceiro maior do Nordeste e o décimo Estado brasileiro, ocupando uma área de 251.529 km².

Localizado em uma região denominada Meio Norte do Brasil, apresenta aspectos climáticos e de vegetação do semi-árido nordestino, da pré-Amazônia e do Planalto Central do Brasil. O Piauí tem como principais limites o oceano Atlântico ao Norte, os estados do Ceará e Pernambuco ao Leste, a Bahia ao Sul e Sudeste e o Maranhão ao Oeste e Noroeste.

O Piauí é banhado pela luz solar durante praticamente todo o ano, o que – aliado a projetos de irrigação como os da lagoa de Parnaguá, de Buriti e do Cajueiro, além do aproveitamento do abundante lençol freático – favorece a produção de várias culturas. O clima é tipicamente tropical com temperaturas médias elevadas, variando entre 18º e 39º.

Um dos diferenciais do Piauí em relação aos outros Estados do Nordeste é a perenidade dos rios. Somente o rio Parnaíba e alguns dos seus afluentes, como o Uruçuí Preto e o Gurguéia, somam 2.600 km de extensão.

É válido destacar também a qualificação do capital humano piauiense. O Estado apresenta um incremento no número de matriculas da Educação Profissional de nível técnico de 128%, passando de 6.665 alunos em 2002 para 15.225 alunos em 2010.

Seja federal, estadual ou privada, o fato é que a educação superior no Piauí vem conseguindo projeção nacional, com estabelecimentos de ensino oferecendo várias opções de cursos de graduação, além programas de pós-graduação em nível de doutorado e mestrado, programas de iniciação científica e de extensão, formando profissionais cada vez mais aptos a um pulsante e exigente mercado de trabalho.

Por sua vez, o Governo do Estado disponibiliza vários programas de incentivos fiscais e financeiros, nos mais diversos setores, como agronegócio, mineração e turismo, dentre outros. A isso, somam-se ações estruturais como a conclusão das obras no porto de Luis Correia, a Transnordestina, a ferrovia que liga as cidades de Altos a Luis Correia e a criação da Zona de Processamento de Exportação. Destaque também para as obras de saneamento, abastecimento de água, eletrificação e ampliação e manutenção da malha rodoviária. Na verdade são várias frentes de trabalho que estão acontecendo de forma simultânea, cujo o único objetivo é viabilizar o seu investimento no Estado.

O Piauí é uma terra abençoada, que tem um povo que gosta de trabalhar, além de ser extremamente acolhedor. Aceite o nosso convite e venha conhecer de perto este Estado que é sinônimo de prosperidade.